Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Carta


(Quadro a óleo da autoria de Maria Helena Amaro)

Estás aqui comigo o dia inteiro
e queres ver-me feliz em cada hora,
mas, eu pergunto: porque foste embora,
e me deixaste em rude cativeiro?

Sinto que és um anjo mensageiro,
que vigia, que ampara, que me adora,
mas, por ti a minha alma chora
e procuro o teu olhar fagueiro.

Tornou-se a vida uma porta fechada,
a que bato, na noite, angustiada
à procura de uma luz que perdi...

Vivo assim, sozinha, emparedada,
à espera de certa madrugada,
que me leve, em paz, ao pé de ti!

Maria Helena Amaro
Esposende
Agosto, 2010 

Sem comentários:

Publicar um comentário