Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

domingo, 6 de dezembro de 2015

5º Aniversário (Mês de Julho)


(Quadro a óleo de Maria Helena Amaro) 

Quisera ser cipreste. Colibri,
suspenso na cruz desse cemitério;
Seria para mim um refrigério
adormecer, na campa, ao pé de ti.

Mas não fui, não sou e nem serei
mais do que uma barata entontecida
a procurar no pó sinais de vida
d' alguém que na terra tanto amei.

Procuro a tua alma... onde está, onde?
na minha busca toda ela se esconde...
Em que Paraíso etéreo te deténs?

Na mão de Deus procura essa metade
que foi contigo, e na minha saudade
numa dança de Amor tu vais e vens!

Maria Helena Amaro
26 de julho 2010

Sem comentários:

Publicar um comentário