Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Aniversário (2010)


(Quadro a óleo de Maria Helena Amaro)

«Parabéns, criança!» me chamavas
e eu ouvia serena deslumbrada.
Crescera ao teu lado, em caminhada,
e tinha fé que me querias, que me amavas.

Fazer anos era fora de questão
que a nossa vida parecia não ter fim,
desde que estivesses sempre ao pé de mim
e a morte fosse só uma ilusão.

Sorrias e dizias: «Quem me dera
que a vida fosse toda primavera
e não houvesse tristeza ou sofrimento!»

Os teus olhos brilhavam como estrelas,
nas tuas faces morenas e tão belas,
contra a morte, contra a dor, contra o tormento.

Maria Helena Amaro
Julho, 2010 

Sem comentários:

Publicar um comentário