Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Romance


(Ilustração de Maria Helena Amaro)

Na noite morta
nua de estrelas
o luar era
branco de prata...
Desci ao parque
das ilusões
a passear
os sonhos meus

Fiquei rezando...
Fiquei sorrindo
na noite morta
nua de estrelas...
E quando a aurora
surgir rosada
a rendilhar
o firmamento

Veio encontrar-me
na noite morta
de olhos perdidos
de mãos erguidas
a procurar
no céu sombrio
a minha estrela!

Maria Helena Amaro
18/01/1958

Sem comentários:

Publicar um comentário