Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Afetos


(Ilustração de Maria Helena Amaro)

Diz a fadista que precisa de espaço
para poder amar e ser amada...
Tenha cuidado! Que ao dar abraço
pode dar tudo e não receber nada.

Que o amor é um ser transitório.
Umas vezes magoa e outras consola...
Umas vezes aprecia o donativo
e outras vezes faz dele uma esmola.

Amar e ser amado é bem comum,
e como ele não há um bem algum
que fosse preencher a nossa vida...

Não é preciso procurar grande espaço
encontra-se o amor a cada passo,
sorriso quente e de mão estendida.

Maria Helena Amaro
Outubro de 2014.


Sem comentários:

Publicar um comentário