Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

domingo, 23 de fevereiro de 2014

É Natal


(Ilustração de Maria Helena Amaro)

É Natal
Estava escrito que era urgente e necessário
celebrar o Natal todos os dias


Hoje e sempre, será natal!


E as pessoas celebravam o Natal
só uma vez por ano
cada um a seu modo
segundo o seu viver.


Estava escrito
que as crianças deixassem de sofrer
que os velhos parassem de chorar
que os jovens não quisessem descrer
que os mendigos deixassem de pedir
que os ricos soubessem repartir
que os humildes pudessem censurar
e os poderosos descer, descer, descer.
Nem guerra nem rancor,
palavra de ordem Amor.


Certa manhã
tornou-se urgente e necessário
chamar a todos os homens e dar-lhes por igual
o ouro, a prata, o pão e a fartura.
Abriu-se o livro
e todos o podem ler
- Trabalho e Paz, Amor e Alegrias
Agora
e no futuro
será urgente e necessário
celebrar o Natal todos os dias


Maria Helena Amaro
Natal, 1975
Publicado em  "Casa do Professor" 

Sem comentários:

Publicar um comentário