Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Despedida




















(Ilustração de Maria Helena Amaro)

Hei de ir de vez
e ninguém vai notar...
Hei de ir de vez
e se alguém me agarrar
grito que não... que não... que não...

Basta de loucos!
Partido o coração
ninguém o solda as formas...
(grito que não... que não... que não...
que não...)
São loucos!

Maria Helena Amaro
Maio, 1997

Sem comentários:

Publicar um comentário