Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

sábado, 25 de maio de 2013

Menina Má



(Ilustração de Maria Helena Amaro)


O meu poema

feito de desamparo
vai para ti menina
menina grande feita mulher crescida.


A minha alma espelha-se na dor
de te saber perdida...


Quando te estendo a mão
e tu não a recebes
perde-se em mim todo o sonho de teres
encontrado na vida
um caminho perfeito...


O meu poema
feito de desengano
vai para ti menina
que tão pura julguei...
Ai quem me dera prender-te nos meus braços


Não te deixar morrer...
Ensinar-te a sorrir
Ensinar-te a viver...
Fazer-te pequenina...

 
Tão nova ainda
e já andas caminhos
que nunca palmilhei!...


Maria Helena Amaro
Maio, 1967

Sem comentários:

Publicar um comentário