Periodicidade de publicação de poemas

Caros leitores:
Espero que desfrutem na visita a este espaço literário. Este sítio virtual chama-se “Maria Mãe” e tem como página principal os poemas de Maria Helena Amaro.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Postal de Natal


(Fotografia de António Sequeira)

Se mais tivera,
mais te quisera dar...
Mas de tudo, quiçá,
eu tinha um quase nada...
Só tinha de meu,
uma velha caneta
e folhas de papel
para escrever poemas...
Eu não tinha «uma beleza
exuberante
nem a forma elegante de guitarra
com que tinhas sonhado
na tua juventude»... 
Ninguém pode dar, 
aquilo que não tem...
Mas tinha uma alma
singela, pura, confiante,
e, naquele natal,
foi isso que te dei...
que não dera a mais ninguém...

Postal de boas festas,
que guardo com amor,
no fundo da gaveta,
como se fosse um bem...

«Se mais tiveras,
mais me puderas dar...»
disseste-me algum dia...

Obrigada meu amor,
por me teres pertencido,
como um amor primeiro...
Neste Natal,
sem postais de Natal,
vou ler o meu postal com devoção...
Tenho-o aqui
escondido no mais fundo da gaveta
do meu velho cansado e
destruído coração.

Maria Helena Amaro
Natal, 2013

Sem comentários:

Publicar um comentário